janeiro 26th, 2016

Café Tortoni – Buenos Aires

Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Pin on PinterestShare on TumblrEmail this to someone

No final de Dezembro (mais precisamente no reveillón), fiz uma viagem MARAVILHOSA com os meus pais a bordo do navio Msc Magnífica, e tive a oportunidade de conhecer Montevideo, Punta Del Este e Buenos Aires. (Farei um post relacionado a Montevideo e outro a Punta Del Leste). Como os meus pais já conheciam os destinos, já estava tudo combinado (e reservado) para a filha aqui conhecer o Café Tortoni em Buenos Aires (meus pais ADORAM indicar os lugares que eles já visitaram  para eu criar posts aqui para o DG… Eu me divirto, rs!) E  já que era o combinado: assim fizemos!

Assim que o navio atracou na Argentina,  pegamos um táxi e fomos direto ao Café Tortoni (foi preciso ir cedo para o meu pai acertar a reserva que havia feito para assistirmos a um show de tango que foi apresentado naquela noite, pois o pagamento tem que ser feito no dia, porém, com antecedência devido ao tamanho pequeno da sala de apresentação).

Tortoni 01

Chegamos cedo, e tomamos um belíssimo café da manhã (não aguentávamos mais o café do navio, rs). Mal conseguia apreciar o café… A arquitetura do local era fascinante! Um teto coberto por vários vitrais gigantescos, uns gessos no estilo “rococó” que compunham com imponentes colunas, cores diversas (mas de uma forma muito sutil)… Gente…. Que lugar! O interessante, é que eles mantêm a arquitetura original de 1858.

tortoni 02

O Café Tortoni é bem tradicional em Buenos Aires, pois era frequentado por Carlos Gardel (e eles mantiveram a mesa que ele usava, com uma estátua em sua homenagem. É DEMAIS!)

tortoni 04

O Tortoni é o paradigma do café portenho, porém pouco se sabe sobre suas origens. O que se sabe é que um imigrante francês, cujo sobrenome era Touan decidiu inaugurá-lo no fim de 1858 e que o nome do café ele pegou emprestado de um estabelecimento no “Boulevard des Italiens”, no qual se reunia a elite da cultura parisiense do século 19.

tortoni 03

No fim do século, o bar foi comprado por outro francês: Dom Celestino Curutchet. Descrito pelo poeta Allende Iragorri como “o típico velhinho sábio francês”, de corpo miúdo e espírito forte, exibia um clássico cavanhaque longo, olhos vivíssimos e usava um solidéu árabe de seda preta, quase um personagem dos quadrinhos, que dava um toque peculiar à fisionomia do lugar.

O local era frequentado por grupos de pintores, escritores, jornalistas e músicos que formavam a “Agrupación de Gente de Artes y Letras”, liderada por Benito Quinquela Martin. Em maio de 1926, eles formaram “La Peña” e pediram a Dom Celestino Curutchet que os deixasse usar a adega do subsolo. O dono aceitou encantado porque, segundo suas palavras, “os artistas gastam pouco, mas dão brilho e fama ao café”.

tortoni 05

Neste café o tempo parece ter parado como em uma fotografia na qual as pessoas jogam bilhar, cartas, ou simplesmente tomam café com amigos. Este lugar é, cada vez mais, uma parte indispensável da história portenha.

O Show de Tango que assistimos naquela noite, foi SENSACIONAL! Lágrimas rolaram por todos os lados, realmente emocionante!

Ao final do show, o apresentador perguntou a origem dos turistas que lá estavam: Muitos brasileiros, poucos uruguaios, e algumas pessoas do México, da Alemanha, da Coreia, dos Estados Unidos, da França e da Colômbia (o espaço não é muito grande, por isso a reserva).

tortoni 07

A sala que acontece o show é a Sala Alfonsina, projetada para instrumentos, vozes e coreografias, define a forte presença do tango no Tortoni. Nas paredes podem ser admirados os quadros que compõem a série “Homenagem ao tango”. Neles, a pintora e gravurista Ana María Montalvo materializou seu carinho por figuras como Juan D’Arienzo, Aníbal Troilo, Edmundo Rivero e Paquita Bernardo.
A sala tem capacidade máxima para 55 pessoas (por isso a reserva antecipada para assistir ao show).

tortoni 06

Vale MUIIIITO a visita ao Café Tortoni!  (Obrigada pela indicação, papi´s lindos…)

Café Tortoni:

54 (11) 4342-4328
 Avenida de Mayo Nº 825 (CABA) – Buenos Aires – Argentina
 E-mail: tortoni@cafetortoni.com.ar
Fonte (imagens) www.cafetortoni.com.ar

 

Facebook Comments
Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Pin on PinterestShare on TumblrEmail this to someone
[fbcomments]