Gastronomia

O novo rótulo da Nieto Senetiner

A bodega Nieto Senetiner está lançando no Brasil um novo rótulo, um vinho da uva queridinha do grande público, a cabernet sauvignon. Eu já conheço o malbec e o chardonnay da linha Emília, mas as expectativas são grandes! O rei dos tintos ganha uma versão interessante com aroma de especiarias como a pimenta branca.

“E é o fato de poder tomá-los a qualquer hora do dia, em qualquer ocasião, com a mesma refrescância, que vai chamar a atenção dos brasileiros, bem como a excelente qualidade dos vinhos produzidos pela vinícola”, diz Nicola Armelini, Executivo de Marketing da marca no Brasil.

emilia

A linha Emília é popular e deliciosa. Com preço sugerido em torno de R$32,90, o cabernet sauvignon harmoniza com carnes, massas e queijos fortes. Veja como harmonizar pratos com vinho aqui.

“E tudo isso, sem precisar entender de vinho para apreciar a bebida. Ainda assim, os consumidores mais tradicionais vão encontrar no produto uma excelente proposta e aprovarão o conceito de leveza e versatilidade”, diz o executivo.

Ou seja, agrada a todos os paladares, dos mais exigentes aos mais curiosos!

Pegue sua taça e… Bon appétit!

Gastronomia, Receitas práticas

Comidinhas para receber os amigos

O post de hoje é sobre comidinhas para receber os amigos em casa. Os finger food e hors d’oeuvres estão super na moda! São aquelas comidinhas em miniatura, que se pode pegar com os dedos, literalmente, ou que dispensa a maioria dos talheres, precisando apenas de um garfinho, colherzinha ou palitinho. O visual é um charme e os convidados ficam à vontade. Além disso, é uma ótima oportunidade para usar várias louças diferentes.

Podemos começar com mini saladinhas. Elas são uma graça! Uma opção infalível é a linda caprese. Na versão em potinhos, corte os tomatinhos cereja ao meio, coloque umas folhinhas de manjericão bem lavadas e pedacinhos de muçarela de búfala. Misture tudo com azeite, pimenta do reino e sal, e coloque em pequenos potinhos.

Para colocar nos palitinhos, monte conforme a imagem, e no prato coloque o azeite.

 

foodchannel.com

foodchannel.com

homestoriesatoz.com

homestoriesatoz.com

Outra opção clássica são os canapés. Há uma infinidade! Com criatividade, usando torradinhas, ou pão de forma cortado em quadradinhos como base, coloque o recheio que preferir.

houseandhome.com

houseandhome.com

Monte um clássico com molho tártaro e queijo brie. Se quiser sofisticar ainda mais, disponha carpaccio de salmão defumado entre o molho e o brie.

                               Para o molho tartáre:

                               1 lata de creme de leite sem soro

                               1 colher de sopa de suco de limão

                               3 colheres de maionese

                               1 colher de sopa de mostarda (eu gosto da dijon)

                               Cheiro verde e sal a gosto

                               É só misturar tudo!

A sugestão abaixo é do itsabrideslife.com. Mini hambúrguer, mini chopp e mini sanduichinhos de queijo. Uma fofura!

itsbrideslife

Micro hambúrguer caseiro é muito fácil de fazer! Você vai precisar de:

                               500 g de fraldinha moída

                               Um fio de água fria e outro de azeite

                               Sal

                               Pimenta do reino

                               Modo de preparo: Misture a carne moída com um fio de azeite e outro de água. Misture e modele do tamanho que desejar. Faça primeiro uma bolinha e depois achate levemente.

Tempere somente na hora de ir para a frigideira, com sal e pimenta. Com a frigideira bem quente e untada com um fio de azeite, deixe 2 minutos de cada lado para atingir o ponto mal passado.

Para a sobremesa aposte nos brigadeiros gourmet. Eles são a minha paixão! Temos boas versões de brigadeiro, modelado e de copinho:

20130211_030422(1)__1411704251_187_21_236_204

Para o tradicional, misture: 1 lata de leite condensado, 1 colher de sopa de manteiga sem sal, 200 g de chocolate ao leite picado e leve ao fogo baixo mexendo até dar o ponto de enrolar. Quando estiver desgrudando do fundo da panela, mexa por mais 30 segundo e retire do fogo. Deixe esfriar, modele as bolinhas e passe em rapas de chocolate.

Para o de colher, antes de tirar do fogo, adicione meia caixinha de creme de leite e misture. Sirva em copinhos graciosos com granulado ou raspas de chocolate por cima.

 Seus amigos vão adorar! Bon appétit!

Imagens: foodchannel.com, homestoriesatoz.com, houseandhome.com, itsabrideslife.com e Maíra Rangel pâtisserie (arquivo).

Gastronomia

Como escolher o vinho?

O post de hoje é dedicado aos “enocuriosos”, o pessoal que tem interesse no mundo dos vinhos! O tema é super complexo. Cada vez mais a harmonização dos pratos com a bebida é considerada. Eu mesma não fiquei satisfeita com apenas 1 semestre da disciplina “bebidas” na faculdade. Gostaria de estudar muito mais! É muito útil e além disso, entender de vinhos é um charme!

Antes de se preocupar com os tipos de vinho, entenda o que é harmonização:

Algumas notas encontradas nas bebidas podem atrapalhar o sabor dos alimentos. Os pratos mais leves, como por exemplo um peixe, podem ter seus sabores completamente anulados se você degustar com um vinho tinto encorpado. A harmonização estabelece um equilíbrio para que você sinta o sabor do alimento e também do vinho. A comida é complementada com a bebida e vice versa.

Criei uma pequena lista de harmonizações clássicas, um verdadeiro curinga no seu jantar ou na hora de receber os amigos. Vale ressaltar que as dicas abaixo são super básicas. Só um sommelier pode nos orientar com total propriedade.

Vai servir queijos e afins?
Gorgonzola, parma ou provolone: Prefira tintos encorpados
Emmenthal e gouda: Tintos leves
Brie e camembert: Espumantes ou brancos
Dica: O queijo brie é tão neutro que combina com quase tudo. Eu gosto com rosé e frisantes! Arrisque!
Vai servir carnes? Os tintos são ideais!
Vitela e carnes de porco podem harmonizar bem com os vinhos brancos secos também.
Vai servir aves? Prefira dos tintos leves aos brancos secos.
Pense que se você considera a ave de sabor um pouco mais forte, ela combinará com um vinho mais forte também. Por exemplo: Para acompanhar um peru, escolha um tinto leve. Já para acompanhar um galeto, escolha um branco.
Vai servir peixes e frutos do mar?
Lulas, paella e salmão: Tintos médios.
Bacalhau: Tintos leves.
Mas todos sintonizam com um bom vinho branco ou espumante.

 

Observe os rótulos. Neles estão a indicação do corpo do vinho. Em breve traremos novidades sobre as melhores vinícolas! Fiquem ligados!

bloglovin.com

bloglovin.com

Ficou mais fácil, não é? Harmonize seus pratos na próxima reunião com os amigos e comente aqui no Decora Gourmet. Queremos saber de tudo!

Bon appétit!

Gastronomia, Receitas práticas

Manteiga de azeite

20140625_133358           O azeite tem mil utilidades. Rico em antioxidantes, pode reduzir o mau colesterol, pois tem grande quantidade de gordura “do bem”. Eu sou suspeita para falar, pois ADORO azeite. Coloco desde a salada até o arroz com feijão (ou pra quem prefere: feijão com arroz). Foi pensando nisso que decidi substituir o pãozinho com manteiga por pãozinho com azeite. A manteiga de verdade é cheia de gordura e colesterol. Não tem como, né? É puro creme de leite, batido, pasteurizado, etc. Já existe manteiga de azeite industrializada, embora eu nunca tenha encontrado nos mercados por aí. Mas eu tenho uma receita caseira que é sucesso garantido.

Você só vai precisar de:

Azeite extra virgem (Extra virgem mesmo! Cuidado com os que tem por aí! O ideal é que tenha acidez inferior a 0,5)

Sal (Se preferir. Eu não coloco.)

Ervas frescas (Como tomilho, salsinha, manjericão, sálvia, alecrim, etc.)

         Aqueça o azeite em uma panela até 60 graus (o que é morno, no ponto de colocar o dedo e ainda suportar), junto com as ervas bem lavadinhas e sequinhas.

azeite manteiga 1 20140625_131957

Retire, espere esfriar, coloque o sal (se preferir). Bata no liquidificador e coe.

azeite manteiga 2

Coloque em um vidro com tampa e leve ao congelador apenas para firmar. Isso vai levar algumas horas.

azeite manteiga 3

Depois é só manter na geladeira e usar. Sempre que necessário, leve ao congelador só para firmar. Você também pode usar o azeite puro, sem saborizar com as ervas. Nesse caso não precisa bater no liquidificador, nem coar.

Ótima opção para a torrada do café da manhã! E é funcional!!! Ou seja, faz bem e tá na moda!

Bon appétit!