Achei, gostei e compartilhei, Decoração, DIY, Gastronomia, Receitas práticas

Etiqueta à mesa

Da série ‘as donas de casa piram!’ mais dicas para sua casa. 😀

Vai receber os amigos? Aprenda a dispor pratos, talheres e copos na mesa. Vai em um jantar bacana? Você vai ficar à vontade!

Essas dicas não vão te deixar errar nunca mais!

Primeiro tenha em mente que o uso dos talheres segue uma lógica. De fora para dentro, os talheres são dispostos exatamente na ordem dos pratos.

imagem google

imagem google

Há 2 formas básicas, informal e formal. Escolha de acordo com o tipo de evento e a quantidade de pratos do menu.

Os gabaritos abaixo não te deixam errar.

Para um evento informal:

alexanevents.com

alexanevents.com

 

Para um evento formal:

formal-alexan-events

No lugar da colher de chá pode haver uma faca menor, para a entrada. No canto superior esquerdo, o pratinho e faca para o pão. Acima do prato, os talheres de sobremesa.

As taças são fáceis de saber. Geralmente vêm em 3 tamanhos. A grande é para servir água, a média vinho tinto e a menor, branco. Ou podem aparecer em formatos distintos. Fácil de saber! A maior é sempre de água. O vinho tinto é que precisa de uma copa maior, para a oxigenação ideal. O branco será servido na outra taça 😉 Vinho do porto e espumante não tem como errar. São: a taça pequena e a comprida, respectivamente. E no final, geralmente servido na hora do café, o licor é em uma taça bem pequena, como um pequeno cálice.

O guardanapo pode estar em cima o prato ou à esquerda. Leve-o ao colo e quando acabar o jantar (antes de se levantar) coloque-o de forma despojada à direita.

Veja abaixo:

weshareideas.com.br

weshareideas.com.br

Para inspirar veja as ideias abaixo.

thanksgiving-table-setting-ideas-17

 

 

blovelyevents.com

blovelyevents.com

 

mykentuckylivingblog.com

mykentuckylivingblog.com

Mãos à mesa! E até o próximo post! 😉

Gastronomia, Receitas práticas

Torta super fácil de legumes

Olá leitores! Feliz ano novo!!!
Nossa primeira receitinha do ano é simples e rápida de fazer: Um torta de legumes super fácil!

Você vai precisar de:
1 abobrinha em cubos bem pequenos
2 tomates em cubos bem pequenos
1 cenoura ralada
1/2 cebola em cubos bem pequenos
Salsinha picada
3 ovos
1 xícara de leite
1/3 de xícara de óleo de girassol, milho ou canola
1/3 de xícara de azeite
1 pitada de pimenta branca
Sal a gosto
1 e 1/2  xícaras de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento em pó

Manteiga para untar
Parmesão para colocar por cima

20150104_142148

É só misturar tudo bem misturadinho em um bowl, colocar em um refratário untado com manteiga, polvilhar o parmesão ralado por cima e levar ao forno por + ou – 30 minutos a 180ºC.

20150104_143739

20150104_144547

20150104_152418
Quer deixar a receitinha mais saudável? É só substituir a farinha de trigo por integral e usar leite desnatado.
Você pode usar os legumes que tiver em casa…
E olha a dica: Para acompanhar, uma cervejinha de trigo. Eu amo a Weiss da Baden Baden.

20150104_153840

Gostaram? Faça a sua em casa e conte pra gente 😉
Bon appétit!

Gastronomia, Receitas práticas

Bruschetta de champignon e salsa

Vai receber os amigos esse fim de semana e quer fazer uns “comes e bebes” simples e maravilhosos?

Nossa dica é servir bruschetta! E um recheio que vai agradar todo mundo é o de champignon.

bruschetta

Para 4 pessoas, você vai precisar de:

1 vidro de champignon

1/2 limão

Um pouco de azeite extra virgem

sal

pimenta do reino branca

1 baguete de pão italiano

salsinha

cebolinha

alho

Pique o cogumelo em pedacinhos pequenos. Coloque em um bowl, temperando com o suco do limão, azeite, sal e pimenta. Reserve.

Leve as fatias de pão italiano ao forno em uma assadeira, só para dar uma pré-tostada por alguns minutos.

Pique a salsinha, cebolinha e o alho e misture ao cogumelo. Recheie as fatias e finalize no forno por 5 minutinhos.

Simples e fácil, sirva com um bom vinho.

Nós sugerimos um tinto suave e levinho como o Naturelle da Casa Valduga ou um branco seco como o Don Abel, 100% da uva chardonnay.

Aproveite a dica e conte pra gente como ficou! Bon appétit!

naturelledon abel

Gastronomia

O novo rótulo da Nieto Senetiner

A bodega Nieto Senetiner está lançando no Brasil um novo rótulo, um vinho da uva queridinha do grande público, a cabernet sauvignon. Eu já conheço o malbec e o chardonnay da linha Emília, mas as expectativas são grandes! O rei dos tintos ganha uma versão interessante com aroma de especiarias como a pimenta branca.

“E é o fato de poder tomá-los a qualquer hora do dia, em qualquer ocasião, com a mesma refrescância, que vai chamar a atenção dos brasileiros, bem como a excelente qualidade dos vinhos produzidos pela vinícola”, diz Nicola Armelini, Executivo de Marketing da marca no Brasil.

emilia

A linha Emília é popular e deliciosa. Com preço sugerido em torno de R$32,90, o cabernet sauvignon harmoniza com carnes, massas e queijos fortes. Veja como harmonizar pratos com vinho aqui.

“E tudo isso, sem precisar entender de vinho para apreciar a bebida. Ainda assim, os consumidores mais tradicionais vão encontrar no produto uma excelente proposta e aprovarão o conceito de leveza e versatilidade”, diz o executivo.

Ou seja, agrada a todos os paladares, dos mais exigentes aos mais curiosos!

Pegue sua taça e… Bon appétit!

Gastronomia

Como escolher o vinho?

O post de hoje é dedicado aos “enocuriosos”, o pessoal que tem interesse no mundo dos vinhos! O tema é super complexo. Cada vez mais a harmonização dos pratos com a bebida é considerada. Eu mesma não fiquei satisfeita com apenas 1 semestre da disciplina “bebidas” na faculdade. Gostaria de estudar muito mais! É muito útil e além disso, entender de vinhos é um charme!

Antes de se preocupar com os tipos de vinho, entenda o que é harmonização:

Algumas notas encontradas nas bebidas podem atrapalhar o sabor dos alimentos. Os pratos mais leves, como por exemplo um peixe, podem ter seus sabores completamente anulados se você degustar com um vinho tinto encorpado. A harmonização estabelece um equilíbrio para que você sinta o sabor do alimento e também do vinho. A comida é complementada com a bebida e vice versa.

Criei uma pequena lista de harmonizações clássicas, um verdadeiro curinga no seu jantar ou na hora de receber os amigos. Vale ressaltar que as dicas abaixo são super básicas. Só um sommelier pode nos orientar com total propriedade.

Vai servir queijos e afins?
Gorgonzola, parma ou provolone: Prefira tintos encorpados
Emmenthal e gouda: Tintos leves
Brie e camembert: Espumantes ou brancos
Dica: O queijo brie é tão neutro que combina com quase tudo. Eu gosto com rosé e frisantes! Arrisque!
Vai servir carnes? Os tintos são ideais!
Vitela e carnes de porco podem harmonizar bem com os vinhos brancos secos também.
Vai servir aves? Prefira dos tintos leves aos brancos secos.
Pense que se você considera a ave de sabor um pouco mais forte, ela combinará com um vinho mais forte também. Por exemplo: Para acompanhar um peru, escolha um tinto leve. Já para acompanhar um galeto, escolha um branco.
Vai servir peixes e frutos do mar?
Lulas, paella e salmão: Tintos médios.
Bacalhau: Tintos leves.
Mas todos sintonizam com um bom vinho branco ou espumante.

 

Observe os rótulos. Neles estão a indicação do corpo do vinho. Em breve traremos novidades sobre as melhores vinícolas! Fiquem ligados!

bloglovin.com

bloglovin.com

Ficou mais fácil, não é? Harmonize seus pratos na próxima reunião com os amigos e comente aqui no Decora Gourmet. Queremos saber de tudo!

Bon appétit!